• 29ª Baja Portalegre 500


    22 a 24 de Outubro de 2015
  • Baja TT Idanha-a-Nova


    11 e 12 de Setembro de 2015
  • Baja TT Proença / Mação / Oleiros


    20 e 21 de Junho de 2015
  • Baja Cidade Europeia do Desporto


    30 e 21 de Maio de 2015
  • Rali TT Vinhos Carmim


    1 e 2 de Maio de 2015
  • Baja TT Rota do Douro


    27 e 28 de Março

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

4º Salão dos Campeões no Estoril a 10 e 11 de Dezembro

O 4º Salão dos Campeões e a Gala de Entrega de Prémios da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting 2016 irá realizar-se a 10 e 11 de Dezembro no Centro de Congressos do Estoril depois uma parceria estabelecida com a Câmara Municipal de Cascais.

 À semelhança dos anos anteriores teremos em exposição as máquinas dos pilotos Campeões Nacionais assim como algumas viaturas emblemáticas associadas ao automobilismo nacional.

 A Gala de entrega de Prémios FPAK terá lugar na tarde de 10 de Dezembro no Auditório do Centro de Congressos e premiará não só os Campeões das diversas categorias mas também algumas personalidades que de uma forma ou de outra dignificam o desporto automóvel.

Horário do Evento:

 Sábado, 30 de Janeiro – Das 11h às 23h
Domingo, 31 de Janeiro – Das 11h às 19h

 Preço dos Bilhetes:

 5€ para sábado e 3€ para Domingo. Os licenciados da FPAK mediante a apresentação da sua licença válida, na compra de 1 bilhete, recebem 1 convite para o acompanhante.

Joan Barreda wins the second stage and strengthens his leadership

Team HRC’s Joan Barreda was the quickest in the second stage of the China Grand Rally, although the day was not without setbacks. The Spaniard further bolsters his position at the top of the leaderboard.

 Joan Barreda once again proved to be the main protagonist at the China Grand Rally with a 3:22’59 time over the 241.79 kilometre special stage. The competitors have now moved on to the bivouac in Wulate Houqi.

 The day turned out to be a positive one for Barreda, who increases the deficit over his second place adversary, although there were hitches on the way. Some glitches on the instrument panel saw Barreda forced to swap his TRIP navigational device for that of teammate Michael Metge’s.

 Metge, now without his TRIP, was forced to embark on the special stage equipped with just the GPS and roadbook. Barely had the special began when the GPS stopped working. Nevertheless, Metge followed the tracks left by this teammate up ahead, but suffered a mishap on one of the dunes and damaged the front wheel of the Honda CRF450 RALLY. The Frenchman was able to battle on to the refuelling but was so focused on repairing the damaged wheel that he failed to completely refuel the bike. The machine subsequently ran out of fuel a few kilometres short of the finish. The rider finally made it back to base, but with a lengthy delay. Metge now lies in third place overall.

domingo, 25 de setembro de 2016

One-two for Team HRC in the first stage of the China Grand Rally

Joan Barreda laid down the gauntlet in the China Grand Rally, becoming the first leader as the race kicked off in Bao Tou, Inner Mongolia. The Spanish Team HRC rider – on his maiden outing in the Chinese Rally – was accompanied by teammate Michael Metge, who posted runner-up spot.

 It was a dream start for the Team HRC duo in the China Grand Rally, with the pair dominating the first 81.20 kilometre stage without any real threats. Barreda and Metge, both astride Honda CRF450 RALLYs, made short work of the sand and dunes of the Chinese desert. Joan Barreda, chalking up a time of 1 hour 22 minutes and 55 seconds, marked the fasted time of the day some 49 seconds ahead of Team HRC partner Michael Metge. The third place rider came home some eleven minutes adrift of the day’s winner.

 Tomorrow’s stage will feature a timed special stage of 241.79 kilometres as part of a total 446.75 kilometre stint from the bivouac in Bao Tou to that of Wulate Houqi.

sábado, 24 de setembro de 2016

Barreda and Metge make first appearance in the China Grand Rally

Team HRC’s Joan Barreda and Michael Metge are poised to get their first taste of the third edition of the China Grand Rally which gets underway tomorrow.

 With less than a hundred days to go until the 2017 Dakar Rally – off road season’s blue riband event – Team HRC are continuing with the preparations of its riders and the Honda CRF450 RALLY. This time around, it will be Spaniard Joan Barreda and Frenchman Michael Metge who make their maiden trips to the Far East. The two riders have their sights set on an otherwise unknown China Grand Rally – a longer rally with greater mileage than those of the FIM Cross Country Rallies World Championship. The race will mark the Asian debut for both Team HRC members.

Barreda and Metge will be back in action in China for the first time since the exhaustive training programme of August which saw the pair do battle with American deserts, a session culminating with victory in the legendary Vegas to Reno race. The China Grand Rally will be the final date before the Spanish and French riders head out to South America at the end of December.

 The nine-day rally takes place in the northern provinces of China, kicking off in the city of Baotou in the Chinese region of Inner Mongolia. Riders can look forward to sand and loose gravel as well as the great Mongolian dunes and their high level of navigation demands. The competitors will have to tackle almost four thousand kilometres including 1,650 km against the clock and more than 2,300 kilometres of liaison sections. The longest special stage of the event will be the 304 kilometre fifth stage. The race concludes in Zuo Qi on October 3.

Final Dakar preparations in Morocco

• Five MINI ALL4 Racing vehicles to contest the event at Agadir 

• Abu Issa in the Buggy

 This year, the competitors even will have to contest a marathon stage where the pairings will have to spend the night without their service crews. X-raid will travel to Morocco with five MINI ALL4 Racing vehicles and the CBRA Buggy. Yazeed Al-Rajhi (KSA) / Timo Gottschalk (GER), Mikko Hirvonen (FIN) / Michel Périn (FRA), Orlando Terranova (ARG) / Paulo Fiúza (POR), Kuba Przygonski (POL) / Tom Colsoul (BEL) and Boris Garafulic (CHL) / Filipe Palmeiro (POR) will contest the event with the MINI ALL4 Racing while Qatar’s Mohamed Abu Issa will drive the buggy.

Al-Rajhi and his navigator focused on the long desert rallies, this year. Apart from the Italian Baja, he contested the Abu Dhabi Desert Challenge, the Sealine Rally in Qatar, the Silk Way and now, as conclusion of the season, the Rallye du Maroc. For Hirvonen who celebrated his first cross-country rally win in the Hungarian Baja and for Périn, the event in Morocco also will represent the final preparation for the Dakar in January in competitive conditions.

Argentinean Terranova also is going to contest the last event prior to the Dakar that will be contested to a large extent in his home country Argentina. He will race together with Fiúza, a navigator he already cooperated with in 2013 and 2014 when they secured two fifth places at the Dakar Rally. Przygonski also makes use of this opportunity to contest a longer rally. To date, the Pole only competed in the Abu Dhabi Desert Challenge and – of course – in the Baja Poland, this year. For Chilean Garafulic and Palmeiro it’s the second joint appearance this year in the MINI ALL4 Racing as they also contested the Baja Poland, together. New in the X-raid camp is Qatar’s Mohamed Abu Issa who will drive the buggy. The 26-year old was a quad racer, so far, and finished fourth in the 2014 Dakar.

The rally will start on 02nd October at Agadir with a seven-kilometre Super-Special. On the following day, the drivers will have to contest a special stage on a loop around the city located at the sea before the third special stage will take them to the dunes. There, they will have to attend to their cars alone, in the night, without the support of their service crews who already are on their way to Erfoud in the heartland were the pairings will meet their service crews again on 05th October. On the following two days, the bivouac will remain at Erfoud where the rally also will be finished on 07th October. Altogether, the drivers will have to cover 1.885 kilometres, with 1.317 kilometres representing the special-stage distance.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

João Dias (con)vence em Idanha

Piloto de Torres Vedras reforça liderança no Campeonato e no Troféu Polaris 

 João Filipe já é campeão nos Navegadores

 João Dias venceu de forma categórica a competição destinada aos UTV/Buggy da Baja TT Idanha-a-Nova, prova beirã que se realizou no passado fim-de-semana. O piloto de Torres Vedras aos comandos de um Polaris RZR Turbo, impôs a sua superioridade na competição que liderou desde o primeiro dia de corrida. Navegado por João Filipe, que já assegurou o primeiro título nacional para navegadores, João Dias foi ainda o mais rápido em todos os troços disputados.

 Líder incontestável do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2016, João Dias segue na frente com uma diferença confortável para os seus adversários mais directos “esta corrida foi bastante dura porque o piso estava muito seco. Mas trabalhámos bem e estou contente com o resultado até porque foi a primeira prova em que estivemos na frente desde o princípio ao fim. No Sábado tivemos alguns problemas, por erro nosso, no entanto acabou por correr tudo bem. No segundo dia de prova apanhámos um susto porque íamos capotando numa curva mais apertada. Apesar do sobressalto, consegui controlar o carro e chegamos bem ao fim. O Polaris está impecável e estou a gostar muito da condução. A utilização de pneus Goldspeed teve também muita influência neste resultado e quero agradecer todo o apoio que o Bas Peters nos está a dar para esta segunda fase do campeonato. Agora temos ainda pela frente aquela que eu considero a prova mais difícil do Campeonato, a Baja Portalegre 500. Como tem sido hábito vamos impor o nosso ritmo para que os resultados sejam os melhores possíveis”, refere João Dias que também lidera o Troféu Polaris RZR.

Na próxima jornada o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa às pistas alentejanas. O Raid TT da Ferraria recebe os concorrentes desta esta competição nos dias 1 e 2 de Outubro.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

MRacing sobe ao pódio numa corrida muito disputada

A penúltima etapa do CNTT em Idanha previa dois dias de grande competição para o todo-o-terreno. Nas palavras de Manuel Russo, que adivinhava que esta seria “uma corrida dura e muito disputada”, “o campeonato está ao rubro e os pilotos que nele estão a competir têm que dar tudo para conseguir amealhar o máximo de pontos”. 

Numa prova que impõe um ritmo muito rápido e que não facilita grandes intervenções nas curtas assistências entre sectores, a MRacing vê o trabalho exímio de preparação dos carros dos seus clientes recompensado ao conquistar um 2º e um 4º lugar.

 Manuel Russo conclui: “E assim o nosso trabalho, aliado ao bom momento de forma que os nossos pilotos atravessam, possibilitaram a passagem pelo comando da corrida tanto do Paulo Ferreira como do Alejandro Martins, ficando este último num excelente 2º lugar final”. Pilotos e mecânicos estão de parabéns pelo excelente desempenho.

 Alejandro Martins confirmou que “era esta a expectativa e que não há dúvida de que tudo funcionou”. O piloto, que com José Marques alcançou o 2º lugar, refere que este foi um bom prémio: “Ao final de 17 corridas em toda a minha carreira no Nacional TT, conseguimos quatro pódios, dois terceiros lugares, dois segundos lugares e dois décimos em Portalegre. Podíamos ter feito melhor, mas outras prestações e história no TT só se fazem com pilotos sobredotados e, felizmente, cá no nosso campeonato estão a surgir talentos que puderam rapidamente ambicionar ser campeões nacionais, quem sabe, campeões do mundo nesta modalidade”.

 Com um percurso “muito rolante e exigente a todos os níveis”, Alejandro felicita a “boa organização da prova, boa equipa, bons carros e bom resultado”, agradecendo “o apoio de todos os que se predispuseram passar este fim de semana com tanto calor e pó”.


“Esta corrida, para nós, foi perfeita”, diz Paulo Rui Ferreira.

 O piloto, que terminou a corrida em quarto lugar e que chegou a liderar o pelotão por momentos, afirma que os objetivos foram largamente cumpridos e que se divertiu muito. “Como prevíamos, e de acordo com o que vem sendo hábito, a organização da corrida esteve ao melhor nível e as pistas são, de facto, fantásticas, como era nossa expectativa”.

 Paulo Rui afirma que é merecido partilhar os louros da “belíssima corrida” com a equipa de assistência, que prestou um auxílio “perfeito e com um nível de profissionalismo a que já nos habituámos há muito tempo”. 

Este trabalho não seria também possível sem a cooperação do seu co-piloto, Jorge Monteiro, que “esteve irrepreensível, como é seu hábito, fazendo parecer fácil estas coisas”. Paulo Rui Ferreira dá os parabéns ao seu navegador, alertando para a necessidade de não nos esquecermos que “os resultados passam muito pelo seu desempenho”.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Alexandre Franco quinto em Idanha

Alexandre e Rui Franco conquistaram um excelente quinto posto na Baja TT Idanha-a-Nova, quinta e penúltima prova do Campeonato Nacional de Todo o Terreno, ascendendo assim ao quarto lugar da competição quando apenas falta disputar a mítica Baja de Portalegre.

 A dupla da Scuderia Goldentrans/DURA partia apostada em repetir a boa prestação realizada na ronda anterior na Sertã…e se bem o pensou, melhor o executou, pois bem cedo se imiscuiu na luta pelos primeiros postos. Realizando duas boas passagens na Super Especial de abertura da prova beirã, a dupla alenquerense partia para o segundo dia de competição no quinto posto. Os quilómetros iniciais da corrida foram verdadeiramente loucos, com cinco duplas a passarem pelo comando da corrida, chegando Alexandre e Rui Franco a rodar no terceiro posto da geral a escassos segundos da liderança. Cerca do quilómetro setenta, a dupla do BMW Série 1 Proto ocupava o quarto posto a apenas uma vintena de segundos do primeiro posto, mas cerca de trinta quilómetros depois, a prova da dupla sofreria um revés significativo.

 O BMW Proto ‘calou-se’ num gancho e apenas voltaria a pegar após a preciosa ajuda de uma dupla que na altura estava em competição directa com Alexandre e Rui Franco. Apesar da dupla ter continuado, os cerca de sete minutos perdidos viriam a revelar-se decisivos para o resultado final.

 No segundo sector e com a posição claramente definida, Alexandre e Rui Franco optaram por se centrarem apenas em levar o BMW Série 1 Proto ao quinto posto final, que na realidade lhes vale um terceiro posto entre os pilotos inscritos no Campeonato Nacional de Todo o Terreno.

 No final da prova, Alexandre Franco confirmava que “esta é a Baja que mais gosto e aproveito para felicitar a organização pelo trabalho realizado, desde marcação ao road book, como sempre tudo bem”.

“Quanto a nós, começámos bem fortes logo no prólogo, o que nos garantia uma boa posição para o arranque do primeiro sector selectivo, onde era esperado bastante pó, situação que nos poderia ser prejudicial se não assegurássemos uma boa ordem de partida. No sábado entrámos bem e sem problemas, de forma que andámos a discutir a liderança da corrida até cerca do quilómetro noventa, altura em que o motor do nosso carro se calou e nos fez perder bastante tempo. Valeu-nos na altura a preciosa ajuda do Pedro Ferreira e do Valter Cardoso que nos puxaram e permitiram que o motor do BMW voltasse a trabalhar…mas nessa altura a nossa corrida ficava comprometida em termos de quatro primeiros, porque para além do tempo perdido, não podíamos correr o risco do carro se voltar a desligar. Apesar de tudo, conseguimos o quinto lugar, embora longe do que poderíamos ter conseguido em função da forma como a prova nos estava a correr inicialmente. Esta posição permite-nos subir ao quarto posto no Campeonato Nacional, pelo que ficamos a pensar no que poderíamos alcançar este ano caso não tivéssemos tido uma primeira metade de temporada com três abandonos. Apesar desses azares iniciais, estamos agora a comprovar o nosso andamento e estar a lutar pelos lugares cimeiros é algo que nos motiva ainda mais para continuar a evoluir. Que venha agora Portalegre!”

 A próxima prova será a Baja de Portalegre, derradeira prova do Campeonato Nacional de Todo o Terreno e que terá lugar nos dias 27, 28 e 29 de Outubro.